quarta-feira, 3 de março de 2010

Assassino de casal brasileiro é executado nos EUA

Michael Sigala é o 3º prisioneiro que o Texas condenou à morte este ano.
Ele foi condenado pela morte de Kléber e Lilian Santos, em agosto de 2000.
Do G1, com agências internacionais
O Estado do Texas executou nesta terça-feira (2) o homem condenado pelo assassinato do casal de brasileiros Kléber e Lilian Santos, em 22 de agosto de 2000.

Michael Sigala, de 32 anos, é o terceiro prisioneiro que o Texas condenou à morte por injeção letal neste ano.

Kléber Santos, um engenheiro de computação de 28 anos, foi morto com sua mulher no apartamento do casal em Plano, no subúrbio de Dallas.

A Suprema Cortes dos EUA rejeitou na última semana rever o caso de Sigala. Não houve novos apelos antes da execução.

Ele foi detido dois meses depois do assassinato, após tentar penhorar, na cidade de Arlington, uma câmera fotográfica que pertencia a Kléber e Lilian.

Posteriormente, a polícia encontrou as alianças, em outra casa de penhor, desta vez em Dallas.

*(Com informações da AP e da EFE)

Leia mais notícias de Mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário