terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Incautos e insenséveis

Legislando em causa própria.

Como eleitor, me sinto no direito de pitaquiar quanto ao "afrontoso, descabido, desrepeitoso, insensível, inaceitável" e quantos outros adjetivos queiram acredentar, ao inoportuno reajuste a toque de caixa pronoveram os ditos representantes do povo aos seus próprios salários. Autônomo que sou, sobrevivo - no limite - 'dando murro em ponta de faca' haja visto ser um tanto obsoleta - por motivos óbvios as dificuldades econômicas - a minha 'ferramenta de trabalho, uma caminhonete Saveiro mil novecentos e antigamente, equipada com som - propaganda volante - na qual consigo a duras penas, angariar as 'merrecas' nescessárias, para custear a sobrevivência minha e dos que de mim dependem, como também - dentro das possibilidades, manter em dia as contas, como água, energia elétrica, carnês (alguns pois só compro a prazo quando extremamente nescessário) e constato - e me sinto além de indignado, indefeso - aqueles que ajudei a eleger para defender nossos interessses, "reajustar seus próprios salários" com percentuais muito além da realidade, se comparado aos reajustes dos trabalhadores ditos normais ou seria mortais? E fico mais triste ainda, por não vê - ou quase não vê - manifestações populares, em repúdio a "tamanha afronta" ao eleitorado. coisa que noutros tempos, certamente, não passaria sem tal. Desde do dia que "Legislando em causa própria os nobres Parlamentares votaram os reajustes dos seus vencimentos", que venho me manifestando - pelo twitter - haja visto minha inabilidade em palavrear, e, por dispor tal ferramente de apenas 140 caractereres, com poucas palavras, me sinto mais a vontade para externar - ou vomitar - minha indizível indignação. Poe ser esta uma semana Natalina, decidí rabiscar estas mal-traçadas-linhas, da maneira que sei - reconheço que provavelmente com erros gramaticais diversos - mas não poderia me calar, ante a "tamanha afronta" po parte dos que deveriam defender os interessses dis seus representados. Portamto, caros leitores, se vocês concordam com o meu desabafo, dêem "eco" ao meu pensar, em nome de um Brasil realmente, para todos os brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário