sábado, 20 de fevereiro de 2010

Queda de mesquita mata 36 pessoas no Marrocos

O acidente ocorreu durante a oração da sexta-feira, dia santo para os muçulmanos

Pelo menos 36 pessoas morreram e 71 ficaram feridas nesta sexta-feira (19) com a queda do minarete (torre) da mesquita de Bab el Bardiyine, na cidade de Meknès, no centro do Marrocos. Dessas 71 pessoas, 51 já receberam alta e as 20 restantes permanecem hospitalizadas.
O Ministério do Interior informou que os levemente feridos foram levados a hospitais de Meknès, enquanto os mais graves foram transferidos à cidade de Fez.
Além disso, uma equipe de atendimento psicológico foi mobilizada para atender aos afetados pela tragédia.
O acidente ocorreu durante a oração da sexta-feira, a mais importante da semana para os muçulmanos, o que fez com que o número de vítimas seja ainda maior.
Até o momento, não se sabe o motivo da queda da torre, construída no século 18, e que ameaçava cair há meses, segundo moradores do bairro.
mosque g

(Foto: Reprodução de TV local distribuída pela AFP)
A forte ventania e o temporal que castigam nas últimas horas a parte central e o leste do Marrocos também causaram o desabamento de uma casa na região de Taza, no qual uma menina de 11 anos morreu e vários familiares ficaram feridos.
Os fortes ventos também causaram a queda de muros de escolas e a queda de árvores, o que provocou problemas para o trânsito.
O rei Muhammad 6º do Marrocos anunciou que vai pagar os funerais das vítimaso. Além disso, deu instruções para a reconstrução imediata da mesquita, uma das joias históricas da cidade, antiga morada dos monarcas do Marrocos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário